terça-feira, 27 de novembro de 2012

Videos





Video do ensaio da banda Omega Black com a musica "O que importa..." gravado no dia 25/11/2012 no local de ensaio oficial da banda "garagem" kkkkk esta musica é inedita pois é de nossa autoria  espero que vocês gostem deixem seus comentarios, click nas postagens abaixo, siga nosso blog e compartilhe...


Veja mais postagens

Legião Urbana
RPM
Paralamas do Sucesso
Queen
Nirvana
Guns n' Roses
Cover a sua maneira Capital Inicial
Tempo Perdido "cover"

terça-feira, 9 de outubro de 2012

"""Imagine"""

 
Vi enquanto ria muito no blog NAOINTENDO e achei muito interessante e como sou fã desta musica resolvi postar aqui pra vocês curtirem também.
dê o play no video e acompanhe abaixo.
 


 
Deixe sua Opinião
 
veja mais postagens
 
Legião Urbana
RPM
Paralamas do Sucesso
Queen
Nirvana
Guns n' Roses
Cover a sua maneira Capital Inicial
Tempo Perdido "cover"


sábado, 15 de setembro de 2012

Videos


A Realidade



Omega Black A realidade



Olhe para o céu e não deixe de sonhar
Volte a viver, como se fosse sua ultima chance
A realidade não é o que esperávamos
Tente mudar os seus conceitos
Sonhe sem limites, e viva dentro deles
Use os desejos que o infinito reconhece
A realidade os corrói, mas os sonhos podem recria-los

Liberte sua mente para os momentos bons
Cante grite se solte, saia da rotina
E faça seu mundo girar

Liberte sua mente para os momentos bons
Cante grite se solte, saia da rotina
E faça seu mundo girar

Bote os pés no chão e comece a realizar
Quem sabe os sonhos não podem ser o bastante
A realidade não e o que esperávamos
Tente mudar os seus defeitos
Faca mais amigos, divirta-se com eles
Seja bem mais feliz, sim você merece
A realidade nos corrói, mais os sonhos, Podem nos recriar

Liberte sua mente para os momentos bons
Cante grite se solte, saia da rotina
E faça seu mundo girar

Liberte sua mente para os momentos bons
Cante grite se solte, saia da rotina
E faça seu mundo girar


Galera ta ai a letra pra vocês acompanhar junto com o video
Quem quiser a musica cifrada, é só postar um comentário fazendo o pedido

Veja mais postagens

Legião Urbana
RPM
Paralamas do Sucesso
Queen
Nirvana
Guns n' Roses
Cover a sua maneira Capital Inicial
Tempo Perdido "cover"



terça-feira, 4 de setembro de 2012

Influencias


Queen 
é uma banda de rock britânica, formada em Londres, em 1971, originalmente composta por Freddie Mercury (vocal principal, piano), Brian May (guitarra, vocal), John Deacon (baixo) e Roger Taylor (bateria, vocal). Brian e Roger ocasionalmente cantavam algumas músicas.
A banda já vendeu mais de 300 milhões de cópias de seus álbuns no mundo inteiro e foi uma das mais populares bandas britânicas da décadas de 70 e 80, apresentando-se com magníficas produções em seus concertos e nos videoclipes de suas músicas. Mesmo nunca tendo sido levada a sério pelos críticos da sua época, que consideravam a sua música "comercial", a banda tornou-se uma das mais famosas entre o público, graças à sua mistura única entre as complexas e elaboradas apresentações ao vivo e o dinamismo e carisma da sua estrela maior, o vocalistaFreddie Mercury.

Freddie Mercury
black
Um africano que foi morar na Inglaterra e de lá alcançou o sucesso, Freddie Mercury é uma das lendas da música, infelizmente não mais entre nós. Vocalista da banda de rock de sucesso Queen,que se formou nos corredores de uma Universidade, o cantor é conhecido mundialmente, e sua marca registrada foi o bigode e a voz inconfundível. Num dos maiores sucessos do grupo, We are the champions (Nós somos os campeões), música que é um hino mundial, Freddie mostrou todo seu potencial. Além deste, foram muitos outros sucessos como Don't Stop Me Now. O cantor que era bixessual, e tinha uma voz tão imensa que conseguiu enfrentar uma cantora lírica e vencer. Infelizmente, em 1991 e aos 45 anos Freddie Mercury veio a falecer em virtude da AIDS, doença que ele assumiu publicamente que tinha.


Algumas curiosidades
Uma vez o lendário baixista do Sex Pistols, Sid Vicious entrou no estúdio errado e dá de cara com Freddie Mercury sentado ao piano e disse: “Ainda trazendo balé para as massas, não?”. O que Mercury respondeu: “Ah, sim, meu caro senhor Feroz. Fazemos o que podemos”.

Freddie viveu na Índia quando criança e seus pais, de origem persa, eram devotos do profeta Zoroastro.

Antes de entrar no Smile, Freddie tocou numa banda de Liverpool, de curta duração, chamada Ibex.

O visual que Freddie passou a adotar no final dos anos 1970, de cabelos curtos e bigode, era uma imitação da estética da moda de bares gays em São Francisco. Estética também utilizada pelo grupo Village People.

Curiosamente, antes do Queen lançar seu primeiro álbum, Freddie lançou um single com a canção “I Can Hear Music” , utilizando o pseudônimo Larry Lurex.

Bohemian Rhapsody com seus “scaramouches” e “fandangos” – elevou o Queen ao estrelado. Frediie já tinha o esboço da canção no piano e quando um dia chegou ao estúdio, disse: “E aqui, queridos, é onde começa a parte de ópera”, para a estupefação dos três companheiros, que ficaram sem entender muito bem onde ele queria chegar com esta suíte em quatro partes. Era ópera entrando no rock.
Fontes

http://bagarai.com.br/freddie-mercury-uma-pequena-homenagem.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Queen
http://www.midiatotal.net/2011/09/saiba-quem-foi-freddie-mercury-e.html
Click veja nossos videos.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Inicio das gravações do CD

Hoje (23/07) iniciaremos as gravações do CD da Omega Black
Com o mesmo repertorio postado anteriormente aqui no Blog
A sequencia certa em breve postaremos aqui
Fiquem ligados que a qualquer momento mais informações serão anunciados
O repertorio contara com composições próprias e com alguns covers

Entre eles:  Legião Urbana, Capital Inicial, Engenheiros do Hawai Etc.

O nome titulo ainda não será divulgado, então aguardem
Mais novidades depois do primeiro dia de gravação
E também quem estiver afim de adquirir o CD, é só postar um comentário nessa postagem.
Ah e não se esqueçam de clicar e se cadastrar no banner da Lomadee pois com ele você também ganha dinheiro com sua conta do Facebook mais informações deixe um comentário com seu endereço de e-mail.


                                       



segunda-feira, 16 de julho de 2012

Cover "A Sua Maneira" Capital Inicial

      Ai galera mais um video da banda Omega Black com a musica A sua Maneira da banda Capital Inicial uma s principais influencias da banda este ensaio foi realizado na garagem da casa dos pais de 2 integranes da banda, podemos dizer que este é o ensaio mais completo da banda com todo o equipamento de som e instrumentos.
a partir de Segunda-feira 23/05 entraremos em estudio para gravar o nosso 1º Cd com musicas nossas e alguns covers como este acima...
assistam o video e deêm sua opnião deixe seus comentarios e sugestões...
Ah e não se esqueçam de clicar e se cadastrar no banner da Lomadee pois com ele você também ganha dinheiro com sua conta do Facebook mais informações deixe um comentario com seu endereço de email.

veja mais videos abaixo...

domingo, 1 de julho de 2012

Influencias


Jota Quest é um banda brasileira de Pop Rock formada em Belo Horizonte (MG) em 1993. Fãs de Black Music, o baixista PJ, o baterista Paulinho Fonseca, o guitarrista Marco Túlio e o tecladista Márcio Buzelin resolveram formar uma banda. Faltava um vocalista, após testarem 18 pessoas, o escolhido foi o carismático Rogério Flausino.
Após tocarem muito na noite mineira, o Jota Quest acabou sendo contratado pela gigante Sony Music e lançou seu primeiro CD oficial no ano de 1996. Eles chamaram atenção logo que começaram a tocar na televisão, porque tinham um visual que remetia aos anos 70 e usavam perucas e óculos espalhafatosos. Músicas como músicas "As Dores do Mundo" e "Encontrar Alguém" conquistaram as rádios.
A afirmação da banda no cenário nacional aconteceu em 1998. O autêntico álbum "De Volta ao Planeta dos Macacos", que conquistou fãs do Brasil inteiro. Além da faixa-título, o que ajudou a banda a impulsionar a carreira foi a música "Fácil", um marco do Pop Rock noventista.

Em 2000 o Jota Quest estava mais amadurecido. Seu álbum "Oxigênio" trouxe músicas com uma pegada mais romântica e tranquila como a melancólica "Dias Melhores". No ano seguinte, era a vez do álbum "Discotecagem Pop Variada" tomar conta das rádios e dos programas de televisão. Nessa época as músicas "Só Hoje", "Mais uma vez" e "Na Moral" tocaram quase que a exaustão.
No auge de sua carreira, o grupo gravou em 2003 o CD e DVD Jota Quest MTV Ao Vivo, sucesso de público e crítica. Depois de uma intensa bateria de shows e turnês pelo Brasil e mundo, o Jota Quest resolveu descansar um pouco.
O novo álbum veio no final do ano de 2005 com o nome de "Até onde vai". As músicas "Além do Horizonte" e "O Sol" reafirmavam a postura mais tranquila da banda em suas músicas e ajudaram a conquistar fãs de todas as idades e estilos.
Já o álbum "La Plata" de 2008, possui canções de cunho pop que mesclam sinuosamente com a sonoridade da blackmusic, raiz musical do Jota Quest. O novo álbum da banda leva o nome de "Tudo Me Faz Lembrar Você" e está começando a ser explorado através da música de trabalho homônima.
Apesar da música ser nova, já é fácil encontrar suas letras de música na internet. Isso acontece com todas as músicas do Jota Quest que, entra ano, saí ano, continua em destaque no cenário musical brasileiro.
Não se esqueçam de comentar e de clicar nos banners da Lomadee e Buscapé para que o blog se mantenha  firme e forte acesse os nossos videos abaixo...

Click




Influencias internacionais da Omega Black





De tanto gerar controvérsias, a banda chegou a ser apelidada de "A Mais Perigosa do Planeta". Exageros e marketing descarado à parte, o Guns N’ Roses foi uma das bandas mais influentes do final dos anos 80 e início dos anos 90. A banda revitalizou um cenário de hard rock desgastado e sem originalidade mantido por bandas em que o visual contava mais do que qualidade musical.
Legítimo representante do hard rock californiano, o Guns N’ Roses era apenas mais uma entre as centenas de bandas que surgiam e desapareciam no rastro do estilo criado por Motley Crue, Ratt e Poison, entre muitas outras. Talvez o que tenha diferenciado o Guns N’Roses era que eles não apenas cantavam sobre sexo, drogas e vida desregrada, mas viviam estes temas.
O primeiro componente da banda a se interessar por música foi Duff McKagan, baixista, que já em 1981 havia participado de dezenas de bandas em Seattle. Em 1982 McKagan através de um anúncio de jornal chegou a Slash e Steven Adler e, juntos formaram a banda Road Crew. A banda se desintegraria algum tempo depois mas os três integrantes mantiveram contato.
Em 1983 Izzy Stradlin e Axl Rose se encontraram pela primeira vez na banda Hollywood Rose que também não durou muito. Por esta época Duff tocava na banda 10 Minute Warning de Seattle que contava com Greg Gilmore, que viria a participar do Mother Love Bone, banda que, após a morte de seu vocalista, viria a dar início ao Pearl Jam.
O começo

A história do Guns N' Roses começa nos meados de 1985 quando o vocalista Axl Rose funde as bandas de qual participava para montar uma nova banda com seu amigo de infância Izzy Stradlin. A banda antes formada pela dupla se chamava Rose, que logo é renomeada para Hollywood Rose. Contava com W. Axl Rose (vocais), Izzy Stradlin (guitarra), Markws Gosbon (guitarra), Rick Holland (baixo) e Johnny Kreiss (bateria). A nova banda consegue algum destaque nos subúrbios de Los Angeles, com muitas composições próprias (que futuramente seriam tocadas pelo Guns N' Roses) como "My Way, Your Way" (Anything Goes), "Wreckless" (Reckless Life) e "Shadow Of Your Love". O último show do Hollywood Rose aconteceu na virada do ano de 1984/1985. Após isso a banda se dissolveu.

Assim, ao início de 1985, os ex-membros do Hollywood Rose, Axl Rose e Izzy Stradlin (Guitarra Base), se juntam a três ex-membros de outra banda recém dissolvida: Tracii Guns (Guitarra Solo), Ole Beich (Baixo) e Robbie Gardner (Bateria) da banda L.A. Guns. Com a junção dos membros e dos nomes das duas bandas, surge o Guns n' Roses. Essa formação porém se apresentou apenas uma única vez, em março de 1985. Após esse show, Ole Beich foi substituído por Duff McKagan.

Com essa formação (Axl, Tracii, Izzy Stradlin, Duff e Robbie), a banda fez mais alguns shows até a metade de 1985, quando a banda sofreu novas alterações: Tracii Guns e Robbie Gardner saíram da banda. Duff McKagan convidou seus antigos parceiros de Road Crew, o guitarrista Slash e o baterista Steven Adler para seus lugares. Nascia assim a formação mais conhecida da banda Guns N' Roses.

A estréia nos palcos da nova formação aconteceu em 6 de Junho de 1988, no conhecido Troubador em Hollywood, para cerca de 150 pessoas . Após isso, a banda seguiu para Seattle onde teve a sua turnê de estreia, conhecida por Hell Tour. Sobre esta turnê do Guns, pode-se afirmar que foi um fracasso, pois no caminho entre Los Angeles e Seatle, a Van onde os gunners viajavam quebrou, não restando alternativa a não ser abandonar o veículo e pedir carona. E esta carona, demora mais de dois dias para chegar, atrasando seu primeiro compromisso em Seattle, causando, como consequência, o cancelamento da turnê inicial do Guns N' Roses pelos EUA, fazendo com que Axl e cia vendessem parte do equipamento para voltar para casa.

Não se esqueçam de comentar e de clicar nos banners da Lomadee e Buscapé para que o blog se mantenha  firme e forte acesse os nossos videos abaixo...

Click


terça-feira, 19 de junho de 2012

Influencias da Omega Black



Os Paralamas do Sucesso foi uma das poucas bandas da década de 80, que apesar de não ter surgido em Brasília como 90% dos grupos dessa época, tornou-se uma das mais importantes do Brasil. Porém, a cidade satélite teve sim sua importância, afinal, Bi e Herbert moraram um tempo por lá.
Conheceram-se no Rio de Janeiro em 1981 e, junto com Vital Dias, começaram a ensaiar. Quando finalmente haviam conseguido uma apresentação num festival universitário, o baterista Vital não compareceu. Preocupados com essa situação, os outros dois integrantes saíram atrás de um substituto e foram apresentados a João Barone por um amigo em comum. Barone tocou com eles nesse dia, e nunca mais o trio se separou.
Após mais alguns shows, cruzaram com Maurício Valladeres, que gostou do grupo e levou uma fita demo para a Rádio Fluminense. A música Vital e Sua Moto tornou-se uma das mais pedidas da rádio e eles assinaram com a EMI-Odeon.
O álbum de estréia, Cinema Mudo, chegou em 1983, e já trazia dois clássicos: Química e Cinema Mudo. A repercussão foi muito positiva e o próximo trabalho foi lançado logo no ano seguinte. Intitulado O Passo do Lui, esse segundo disco fez enorme sucesso. Muitas faixas tornaram-se hits, como Óculos, Meu Erro e Ska, e as vendas também subiram. Em 1985, tocaram na primeira edição do Rock in Rio e a essa altura, já eram famosos em todo o país.
O terceiro álbum, Selvagem? consolidou de vez a carreira da banda. As letras estavam mais sérias e as composições mais bem elaboradas. Músicas como A Novidade, Alagados e Melô do Marinheiro, somadas ao sucesso conquistado no Rock in Rio, no ano anterior, fizeram com que Selvagem? vendesse aproximadamente 600 mil cópias.
Esse fenômeno chamou a atenção de outros países. Em 1987, foram convidados para participar do Festival de Montreux, na Suíça, e registraram tudo no álbum D. No mesmo ano a coletânea Paralamas do Sucesso foi editada apenas na Europa.
Em 1988, foi lançado Bora Bora. O álbum não foi tão bem quanto os anteriores, mas mesmo assim O Beco, Uns Dias e Quase um Segundo tocaram exaustivamente nas rádios. Os Paralamas fecharam a década de 80 com Big Bang. Dois grandes clássicos, Lanterna dos Afogados e Perplexo garantiram a boa aceitação do público.
O primeiro trabalho dos anos 90 foi, na verdade, uma coletânea: Arquivo, que trazia ainda de bônus a inédita Caleidoscópio. O álbum inédito viria em 1991, com o nome de Os Grãos. Apesar da boa produção e dos hits Sábado e Trac-Trac, esse disco não deu muito resultado.
Em 1992, Hebert Vianna lançou o solo Ê Batumaré e somente dois anos depois chegaria o novo dos Paralamas. Intitulado Severino, gravado e mixado na Inglaterra, com o produtor Phil Manzarena, o álbum foi o maior fracasso comercial da carreira do grupo. Os fãs definitivamente não gostavam de complicação e a banda estava cada vez mais intelectual.
Para recuperar o nome e o dinheiro perdido com Severino, lançaram em 1995, Vamo Batê Lata. O álbum era duplo: o disco 1 ao vivo e o disco 2 com quatro faixas inéditas. Todos os grandes hits da carreira da banda estavam no track list, sendo que alguns ganharam uma cara nova quando interpretados ao vivo.
O resultado foi muito melhor que o esperado e Vamo Batê Lata se aproximou de 1 milhão de cópias vendidas. Feitas as pazes com o público, gravaram Nove Luas, em 1996. Com composições simples e despreocupadas, esse álbum foi muito bem nas paradas, para alegria da banda.
Em 1997, em comemoração aos 15 anos de carreira da banda, a gravadora lançou Pólvora, uma caixa com os oito primeiros discos remasterizados no famosíssimo Abbey Road Studios. Ainda no mesmo ano, saiu o segundo solo de Vianna, Santorini Blues.
Com o bom desempenho de Nove Luas, havia uma certa ansiedade em relação ao que viria a seguir. Porém, o trio já havia reencontrado a fórmula mágica e Hey Na Na, de 1998, não decepcionou os fãs. Durante esses dois últimos trabalhos, os Paralamas fizeram diversos clips e faturaram alguns prêmios da MTV. A emissora então convidou a banda para gravar um acústico e eis que, em 1999, o Acústico MTV chegou às lojas. Dessa vez, versões de algumas músicas não muito conhecidas, covers de Chico Science e Legião Urbana, além da participação de alguns convidados, deram a tônica do álbum.
Tudo ia bem, até que uma triste notícia surpreendeu a todos: no dia 4 de fevereiro de 2001, Herbert Vianna sofreu um acidente de ultraleve em Mangaratiba, litoral sul do Rio de Janeiro. Sua mulher, a inglesa Lucy Needhan, de 36 anos, morreu no local e o cantor conseguiu sobreviver, apesar de ter sido internado em estado considerado gravíssimo.
Com o apoio da família e dos companheiros de banda, além da legião de fãs, o músico conseguiu se recuperar de forma surpreendente e, apesar de estar numa cadeira de rodas, continuou sua carreira com o Paralamas, lançando em 2002 o álbum Longo Caminho, mostrando que o título do álbum realmente indicava o futuro da banda.
Uns Dias, gravado ao vivo no Olympia, em São Paulo, em novembro de 2003, com participação de vários artistas, foi lançado em 2004, trazendo os grandes clássicos da banda.
Hoje é o álbum de inéditas, lançado em 2005, com participação de Manu Chao, Andreas Kisser e Nando Reis, entre outros, mostrando que os Paralamas continuam firmes e com muita energia para novos hits.

Não se esqueçam de comentar e de clicar nos banners da Lomadee e Buscapé para que o blog se mantenha  firme e forte acesse os nossos videos abaixo...

Click

Influencias internacionais da Omega Black


Nirvana
O Nirvana foi uma das bandas mais importantes dos anos 90, deixando seu nome marcado pra sempre na história da música. A banda surgiu no fim de 1987 com a união dos amigos Kurt Donald Cobain, Krist Novoselic e Aaron Burckhard. Já no início de 1988, o produtor Jack Endino tomou conhecimento da banda ajudando-os a produzir algumas fitas demo com as quais convenceu seu amigo Jonathan Poneman, da Sub Pop, a firmar um contrato. Isso rendeu ao grupo a gravação do single com a música Love Buzz/Big Cheese.
O single vendeu bem, principalmente devido ao fato de o Nirvana já possuir um público fiel, formado nas famosas e incendiárias apresentações da banda em Olympia e Seattle. Empolgada com o sucesso, a Sub Pop resolve arriscar e investir em um álbum para o trio, além de promover um grande esquema de divulgação para eles.
Sai então o álbum intitulado "Bleach" que foi lançado em junho de 1989 .O disco vende cerca de 35.000 cópias e dá um bom retorno à Sub Pop. Em setembro de 1990 Dave Grohl da banda de hardcore Scream., entra no grupo para substituir o baterista Aaron Burckhard. Estava pronta a formação de sucesso da banda.
Em uma das várias apresentações, o Nirvana chamou a atenção de um executivo da Geffen, uma gravadora maior e mais conceituada do que a Sub Pop. Aconselhados pelos amigos do Sonic Youth, assinaram um contrato com a nova gravadora e lançaram Nevermind em 91. Esse disco que tinha previsão inicial de vendas de 100 mil cópias pela Geffen, já atingiu hoje a marca de 10 milhões de cópias vendidas.
Enquanto saíam em turnê pela Europa, o clip da música Smells Like A Teen Spirit fazia sucesso na MTV. No início de 1992 o trabalho chegou ao topo da parada da Billboard.
O grunge vira a moda do momento, e Seattle passa a ser o grande centro das atenções. Nesse período, Kurt mostra-se incapaz de suportar o sucesso e o seus antigos problemas com as drogas voltam a atrapalhar sua carreira e o seu relacionamento com as pessoas próximas, a ponto de ser diagnosticado como maníaco-depressivo, com fortes tendências suicidas.
Em dezembro de 1992, saiu a coletânea "Incesticide", com faixas raras, covers, e material do início da carreira. A rotina do Nirvana continuava: shows lotados, entrevistas, matérias em revistas, em jornais e em programas de televisão eram o dia-a-dia do trio. A banda não tinha tempo para descansar e botar as idéias no lugar, uma vez que tudo aconteceu muito rápido sendo que muitas vezes faziam shows em grandes estádios e festivais como "na ocasião em que o grupo tocou no Brasil, ao lado de grandes bandas, durante o Hollywood Rock.
Algumas apresentações na televisão americana ficaram famosas, como a no "Saturday Night Live", onde Cobain e Novoselic se beijam após a performance da banda. Já ao vivo, a banda insiste em não mudar sua imagem, sempre usando as roupas rasgadas e velhas além de protagonizar as já costumeiras seções de quebra-quebra de intrumentos (que também aconteciam nos programas de TV).
Em 1993, a banda volta aos estúdios para a gravação de um novo disco. Kurt continua tendo recaídas e chega a ser internado por overdose de heroína, mas mesmo assim, "In Utero" é finalmente lançado. Mesmo não repetindo o estrondoso sucesso de Nevermind, o álbum foi muito bem recebido tanto pela crítica como pelo público. A banda parte para mais uma exaustiva turnê em outubro, contando com a ajuda do guitarrista Pat Smear (ex-Germs) e ainda gravam um show acústico para a MTV, em novembro.
Esse show foi certamente o último grande momento da carreira do Nirvana. Após mais algumas apresentações, a banda decide dar um tempo para que Kurt pudesse se recuperar do vício das drogas. Porém, em abril de 1994, o mundo fica chocado com uma triste notícia: Kurt Cobain havia se suicidado com um tiro na cabeça. Seu corpo foi encontrado 4 dias após o ocorrido e segundo os médicos, havia heroína em quantidade suficiente no seu organismo para matá-lo, mesmo que ele não tivesse atirado contra sua cabeça.
Com o fim do Nirvana, Dave Grohl passou um tempo em silêncio, e hoje em dia é o guitarrista e vocalista da banda, Foo Fighters, que conta também com o guitarrista Pat Smear. Eles já gravaram três discos de bastante sucesso. Krist Novoseliv ficou mais tempo longe da música e somente em 97 ele resolveu levar adiante sua nova banda, o Sweet 75, que conta com uma vocalista que canta em espanhol e músicas bem mais ecléticas e variadas do que na época de Nirvana.
Dave e Krist lançaram no final de 1994 o disco "Unplugged in New York", que contém a histórica apresentação do Nirvana em formato acústico para a MTV. E em 1996, saiu um registro ao vivo do grupo, chamado "The Muddy Banks of the Wishkah", que possui os maiores sucessos do grupo gravados em vários shows de diferentes lugares.
Em 2002, a faixa inédita "You Know You’re Right" foi lançada na coletânea "Nirvana" e bastante executada nas rádios. O baterista Dave Grohl disse que ainda há muito material inédito do Nirvana para ser explorado, mas não se sabe quando os fãs terão acesso a essas raridades.
Finalmente em 2004 os fãs da banda ganharam de presente uma caixa especial do Nirvana, intitulada “With The Lights Out”. O box resgata a carreira da banda, trazendo três CDs, com 81 músicas, além de 13 composições inéditas, versões alternativas e outras raridades. “With The Lights Out” traz ainda um DVD com imagens do Nirvana em ensaios, no palco e, gravações com inúmeros bateristas, como Dale Craver, dos Melvis.
Ainda em 2004, um dos discos mais importantes da carreira do Nirvana, o álbum “Nevermind”, de 1991, ganhou uma versão em documentário. Produzido pela Classic Álbuns, o filme reúne videoclipes, entrevistas e curiosidades sobre cada faixa do disco.

é isso galera o Nirvana é uma das grandes influencias da banda pois foi a partir do Nirvana que os integrantes da Omega Black criaram a vontade montar uma banda...

Não se esqueçam de comentar e de clicar nos banners da Lomadee e Buscapé para que o blog se mantenha  firme e forte acesse os nossos videos abaixo...

Click

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Influencias da Omega Black


Engenheiros do Hawaii é uma banda brasileira de rock que teve seu início em 1984, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Famoso por suas temáticas irônicas e de fundo crítico, sua primeira formação era composta por Humberto Gessinger (vocal e guitarra), Carlos Maltz (bateria), Marcelo Pitz (baixo) e Carlos Stein (guitarra). Os quatro meninos eram estudantes de Arquitetura da UFRGS e formaram uma banda para se apresentarem em um festival da faculdade que serviria como um meio de protesto à paralisação das aulas. O nome Engenheiros do Hawaii é uma sátira a um grupo de estudantes que andavam com bermudas de surfista na faculdade.
Engenheiros passou a receber propostas para shows e fazer algumas apresentações. Posteriormente, lançaram CD´s e conquistaram milhares de fãs. As letras de músicas dos Engenheiros do Hawaii eram marca registrada da banda, um dos principais fatores para conquistar fãs ao longo dos anos.
Várias de suas canções fizeram sucesso, sendo algumas delas: Pra Ser Sincero; Refrão de Bolero; Somos Quem Podemos Ser; Illex Paraguariensis; Infinita HighwayPiano Bar; 3×4; Até O Fim; Era Um Garoto Que Como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones; Terra de Gigantes; Dom Quixote; Pose; Eu Que Não Amo Você; Perfeita Simetria;Depois de Nós; O Papa é pop; Vida Real; O Preço; Armas Químicas E Poemas; Outras Frequências; Parabólica; 3ª do Plural; Alívio Imediato; Surfando Karmas & DNA; A Revolta dos Dândis I, entre outros.
O vocalista Humberto Gessinger é o único membro que faz parte da banda desde sua formação inicial. Torcedor fanático do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, é casado com Adriane Sesti, antiga colega de escola e faculdade, com quem teve uma filha chamada Clara, nascida em 1992.
Além disso, o grupo surgiu em um período favorável ao rock nacional. Na realidade, o Rock brasileiro teve início na década de 50, mas tornou-se forte realmente após vinte anos.
No Brasil, assim como os Engenheiros do Hawaii, o cenário de música rock tinha alguns outros destaques como Barão Vermelho, Kid Abelha, Ira!, Paralamas do Sucesso, Capital Inicial, RPM, entre outros.

Bem galera é mais ou menos isso é claro que a historia da banda tem muito mais a ser contada pois é uma banda que não dá ter uma ideia se você não ouvir as musicas.









Você que visitou o blog e gostou do artigo não esqueça de ajudar o blog clicando nos banners da Lomadee e Buscapé ETC...Ah apartir deste post vamos colocar os links nos nossos vídeos na internet

Para assistir os vídeos da Omega Black click.



quinta-feira, 7 de junho de 2012

Influencias da Omega Black


História do RPM

O RPM (Revoluções por Minuto) é o grupo do rock brasileiro surgido em 1985, tendo sido um dos mais populares do país nos anos de 1986 e 1987. Foi um dos grupos mais bem sucedidos da história da música brasileira. Na segunda metade dos anos 80, conseguiram bater todos os recordes de vendagens da industria fonográfica brasileira. Seus criadores tinham um forte embasamento cultural e musical, o que foi fator determinante no tiro certo para o sucesso.

No mês de maio chega às lojas Revoluções Por Minuto, no vácuo de um país ainda perplexo com a morte de Tancredo Neves. O misto de paixão platônica e pretensa declaração de amor de Olhar 43 emplaca nas rádios e abre caminho para que outras faixas, mais politizadas e/ou conceituais, façam o mesmo. As faixas do disco tratam também de temas como política internacional e transformações sócio-econômicas. Um elemento estranho são os climas soturnos dos arranjos de Luiz Schiavon – herança dos tempos londrinos do baixista, que viu o pós-punk britânico. O sucesso do álbum é tanto que o RPM emplaca rapidamente uma seqüência de hits no rádio (oito entre as onze faixas do álbum) e chega à marca de 100 mil LPs vendidos (disco de ouro). Revoluções por Minuto chegou a vender 300 mil cópias.

Faixas do disco: Rádio pirata / Olhar 43 / A cruz e a espada / Estação no inferno / A fúria do sexo frágil contra o dragão da maldade / Louras geladas / Liberdade-Guerra Fria / Sob a luz do sol / Juvenília / Presse vício / Revoluções por minuto

O grupo retomou as atividades em 1988, com o álbum RPM (mais conhecido como Quatro coiotes), que saiu com uma tiragem inicial de 250 mil cópias. Na gravadora, o RPM ainda tinha destaque, pois chegara a empatar com Roberto Carlos em termos de vendagem, ainda a maior fonte de receita da mesma. Houve uma grande divulgação na época: em algumas rádios o disco chegou a ser executado por inteiro em sua programação.

Separados há mais de seis meses, a banda figurava aparentemente mais amadurecida, com um disco basicamente com base na percussão (do brasileiro Paulinho da Costa, radicado nos EUA há mais de 10 anos). Gravado entre novembro/87 a fevereiro/88, nos estúdios da Sigla em São Paulo e Light House, em Los Angeles, onde também foi mixado no sistema digital, com corte e masterização de profissionais dos mais competentes (Bernie Grundman Mastering), o RPM reúne nas dez faixas deste LP de retorno participações ilustres - como dos americanos Larry Williams e Dan Higins, nos sax; Jerry Hey, Gary Grant e Lanny Hall em trumpetes e, nas vozes, a competência de Siedah Garreth, Phyllips St. James e Maxi Anderson - o que se pode sentir especialmente em Partners. Apesar de tudo, o som é estritamente alto, com o instrumental sobrepondo-se as letras (todas, exceto Ponto de Fuga, de Paulo Ricardo). Não faltou erotismo como em A Dália Negra ou até uma pitada social em O teu futuro espelha essa grandeza, com solo de cuíca e a participação pagodeira de Bezerra da Silva para uma letra que fala em poluição de praias, crianças abandonadas. Vendeu as 250 mil cópias, mas para os padrões do RPM, era o fracasso. Novamente o grupo se rompe.

Não se sabe a ocasião, mas o grupo ainda viria a realizar a regravação de A página do relâmpago elétrico de Ronaldo Bastos, em 1989.

Faixas do disco: Quatro coiotes / A dália negra / Um caso de amor assim / Ponto de fuga / Partners / A estratégia do caos / Sete mares / Quarto poder / O teu futuro espelha esta grandeza / Show it to me

Depois de muito som rolado e quatro anos passados, a banda anuncia o lançamento de uma caixa com os 3 primeiros albuns da banda e mais um CD com remixes, covers e faixas não lançadas, junto com um DVD com o show do disco Rádio Pirata - Ao Vivo, de 1986. Enquanto todos esperam o lançamento oficial, Paulo Ricardo, Luiz Schiavon, Fernando Deluqui e Paulo (P.A.) Pagni já andam tocando juntos. Assim, inicia-se uma provavel volta da banda e o recomeço das revoluções por minuto...
Em 2001, os quatro músicos do RPM se encontraram novamente para ensaiar, sem maiores pretensões, os antigos sucessos. Percebendo o entrosamento perfeito e a vontade de todos de estarem juntos novamente nos palcos, deram início ao retorno do RPM, inclusive com o retorno do empresário Manoel Poladian, considerado o "quinto coiote".
Em 2001 é lançado o single "Vida Real", um cover da música "Leef" do Holandês Han van Eijk, o tema oficial da primeira edição do mundo do reality show Big Brother, que foi escolhido como tema de abertura da edição brasileira do mesmo.
A banda voltou à mídia com o CD e DVD MTV RPM 2002, gravado no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, nos dias 26 e 27 de março de 2002. Além dos grandes sucessos, a banda apresenta canções inéditas, como Carbono 14, Rainha, Vem Pra Mim e Onde Está o Meu Amor (gravada em estúdio e incluída na trilha sonora da novela Esperança, da (Rede Globo). Destacam-se também as participações do músico pernambucano Otto, no instrumental Naja (incluído apenas no DVD); de Roberto Frejat, do Barão Vermelho, na regravação de Exagerado, sucesso de Cazuza; e a participação virtual de Renato Russo na canção A Cruz e a Espada. O CD vendeu mais de 300.000 mil cópias, obtendo o disco de platina.
Em 2003, novamente com a MTV, participaram do projeto Luau MTV.
O grupo, com o sucesso do projeto da MTV, começou então uma nova turnê por todo o Brasil, que não durou muito tempo. Especulações dizem que a banda se separou após os outros integrantes descobrirem que Paulo Ricardo havia registrado todos os direitos em seu nome, iniciando uma disputa judicial pela marca RPM. Outros dizem que houve divergências quanto à sonoridade da banda.
Ainda nessa época seria lançado um novo CD do RPM, porém, com as divergências quanto a banda, o projeto foi abandonado.
Luiz Schiavon e Fernando Deluqui, juntamente com André Lazzarotto, lancaram o álbum LS&D (Viagem na Realidade) (2000 cópias foram lançadas). A música "Madrigal", que foi tema de abertura da telenovela Cabocla, foi bem executada.
Paulo Ricardo e o baterista Paulo P.A. Pagni formaram a banda PR.5. Mesmo com o fracasso do cd Zum Zum, Paulo Ricardo lançou a música Eu Quero Te Levar.
Paulo Ricardo lançou em 2006 o CD e DVD Acoustic Live, com covers de clássicos internacionais, como "Beautiful Girl" (INXS) e "Love Me Tender" (Elvis Presley). Nesse mesmo ano, no segundo semestre Paulo Ricardo, P.A e Luiz Schiavon tocaram juntos no programa Domingão do Faustão, um encontro memorável que relembrou grandes sucessos da banda RPM.
 Ah galera não deixe clicar no banner da Lomadee e se cadastrar lembre que assim você está ajudando a banda a  manter o blog ativo.

Show da Omega Black


 Show da Omega Black "aniversario de Malcon"

Realizado no dia 26 de maio com  um repertorio rápido mais com grandes sucessos do rock e do pop nacional o show foi muito interessante do ponto de vista tanto musical quanto de coisas loucas que aconteceram durante o show dentre os quais o grande improviso e grande surpresa na bateria primeiro que nós não conseguimos entrar em contato com o baterista a tempo do show ai improvisamos Mario o baixista da banda na bateria,  porem o que parecia resolvido estava só começando a bateria estava faltando duas pecas um tom e a caixa ai pensamos fuuuuu.... porem o Mário disse já tamo improvisando mesmo ai improvisou uma caixa de papelão não deu certo, uma caixa de microfones que caia toda hora e não deu certo e por fim improvisou uma caixa de sckin litrão ai o show correu tranquilo mesmo com todo estes contratempos ...
Já depois que o show terminou estávamos eu (Roger), Felipe, Romário, Mario arrumando os equipamentos para irmos embora tá Jones sentado de boa tomando um refrigerante e batendo papo com uns amigos na maior tranquilidade do mundo.
Mais galera não é por nada não o show da Omega foi muito bom ficamos muito a vontade  com um som de qualidade e um publico de mais de cem pessoas as fotos estão escuras porque são de celular mais da sentir como foi o clima do show....

Ah galera não deixe clicar no banner da Lomadee e se cadastrar lembre que assim você está ajudando a banda a  manter o blog ativo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
2leep.com